Make your own free website on Tripod.com
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 ..

 

Escola SabatinaIndo fundo nas entrelinhas...

Lição 1

Lição 2

Lição 3

Lição 4

Lição 5

Lição 6

Lição 7

Lição 8

Lição 9

Lição 10

Lição 11

Lição 12

Lição 13

 
By Ministério Estudando a Bíblia

ATUALIZADO EM 22/02/2006

LIÇÃO  02 - 1º a 8 de abril

Símbolos do Espírito Santo nas Escrituras

 

OBS: A Lição Oficial está em VERDE e as respostas e comentários estão em BRANCO.

Os Comentários Adicionais (comentado) estão no fim da Lição...

SÁBADO à TARDE                                                                          Ano Bíblico : II Sam 1-4

VERSO PARA MEMORIZAR: "O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito" (João 3:8).

...que fazes dos ventos teus mensageiros, dum fogo abrasador os teus ministros. Salmos 104:4

LEITURAS DA SEMANA: Mat 3:11; 10:16; João 1:9 e 32; 7:37-39; II Cor 1:20-22; I Ped 1:22

Além das numerosas referências nominais ao Espírito, tanto no Antigo como no Novo Testamento, o Espírito é mencionado frequentemente pelo uso de uma variedade de símbolos.

"Em nós como Luz para iluminar; em nós como Amigo para aconselhar; em nós como Água para refrescar; em nós como Consolador para alegrar; em nós como Mestre para ensinar; em nós como Guia para dirigir; em nós como Óleo para nos fazer brilhar; em nós como Fogo para purificar; em nós como Pomba para simpatizar; em nós como Selo para certificar; em nós como Testemunha para confirmar; em nós como Força para manter; em nós como Poder para orar; em nós como Fonte de produção de frutos; em nós como Seiva para nos fazer crescer; em nós como memorizador para nos lembrar que todas as preciosas promessas de Deus são o sim e o amém em Cristo; e em nós como a intensa afirmação da glória por vir." - Emblems af the Holy Spirit (Grand Rapids, Mich.: Kregel Publications, 1971), pág. 246.

NOTA Escola Sabatina: A linguagem apocalíptica (de revelação) utiliza-se de símbolos para apontar uma realidade literal (a Volta de Cristo) e é interpretada pela própria Escritura Sagrada, no entanto, os tais símbolos do "espírito" jamais são interpretado pela Bíblia e quando o são, apontam ou para o Pai ou para o Filho pois Estes são espíritos Santos...

Nesta semana, vamos estudar estes símbolos e o que eles significam.

 

DOMINGO, 02 de abril                                                                 Ano Bíblico: II Sam 5-7

Pomba

"E João testemunhou, dizendo: Vi o Espírito descer do Céu como pomba e pousar sobre Ele" (João 1:32).

NOTA Escola Sabatina: Disse o muito bem, o profeta: COMO pomba, em semelhança...

O Senhor prometera dar a João um sinal por meio do qual ele pudesse conhecer quem era o Messias, e agora que Jesus havia saído da água, foi dado o sinal prometido; pois ele viu os céus abertos, e o Espírito de Deus, como pomba de ouro polido, pairava sobre a cabeça de Cristo." - Comentários de Ellen G. White, SDA Bible Commentary, vol. 5, pág. 1.078.

1.  Que qualidades das pombas representam o Espírito Santo? Por que esse pássaro - e não um corvo, um abutre ou falcão - foi usado como símbolo do Espírito Santo? Veja Mat. 10:16.

NOTA Escola Sabatina: Um pássaro como outro qualquer...

A palavra em Mateus 10:16 frequentemente traduzida como "simples" pode ser traduzida mais exatamente como não misturado, puro, sem mistura do mal. Essa é certamente uma descrição hábil de Jesus, mas também é uma indicação do que o Espírito pode fazer na vida dos crentes.

NOTA Escola Sabatina: TUDO isto é a pomba? Ainda bem que existe "este" dicionário na IASD!!!

2. Que qualidades do Espírito podem ser nossas, dentro do símbolo de uma pomba? Efe 5:9 e 10; II Tes 2:13; I Ped. 1:22

NOTA Escola Sabatina: Basta lermos alguns versos antes para notarmos o quanto estão nos induzindo para uma compreensão diferente do texto bíblico!

Efe 5:8 ...pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz   9 (pois o fruto da luz está em toda a bondade, e justiça e verdade), 10 provando o que é agradável ao Senhor;

II Tes 2:11-12 ...E por isso Deus lhes envia a operação do erro, para que creiam na mentira; para que sejam julgados todos os que não creram na verdade, antes tiveram prazer na injustiça. 13 Mas nós devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos, amados do Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a santificação do espírito e a fé na verdade...

Pergunto: Que espírito? O meu e o seu irmão, não o Santo Jesus!

I Ped 1:18-21 ...sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com precioso sangue, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha, o sangue de Cristo, o qual, na verdade, foi conhecido ainda antes da fundação do mundo, mas manifesto no fim dos tempos por amor de vós, que por Ele credes em Deus, que O ressuscitou dentre os mortos e Lhe deu glória, de modo que a vossa fé e esperança estivessem em Deus. 22 Já que tendes purificado as vossas almas na obediência à verdade, que leva ao amor fraternal não fingido, de coração amai-vos ardentemente uns aos outros...

Perguntamos: será que para provar a existência de uma terceira pessoa divina seja necessário tirar textos de seus contextos?

A Bíblia é perfeitamente clara sobre o tipo de vida que os seguidores do Senhor devem ter. Mas também é clara, afirmando que podemos ser o que Deus deseja que sejamos unicamente mediante um poder de cima*1, operando em nosso coração. Por nós mesmos, simplesmente estamos muito longe de nos reformar à vista de Deus. Só o poder depurador, regenerador e santificador do Espírito*2 é que pode nos habilitar a refletir a pureza e o caráter de Jesus. Este é o alvo de todo o que professa seguir a Cristo.

NOTA Escola Sabatina *1: Este poder é Jesus (Heb 7:25).

NOTA Escola Sabatina *2: Atribuir a obra de Jesus à uma terceira pessoa é pecar contra o Pai, o espírito! Mat 12:31.

Que aspectos em sua vida mais precisam de reforma? De que maneiras práticas você pode cooperar com o espírito Santo para que Ele efetue as mudanças de que você precisa?

NOTA Escola Sabatina: Cristo morreu por toda a humanidade e todos então foram salvos com o Seu sacrifício... No entanto, só é salvo aquele que aceita este sacrifício salvítico. Isto se chama justificação pela fé (tema do próximo trimestre - estaremos aqui para também comentar mais este erro da atual IASD). Rom 1:17. Deveríamos estudar mais Romanos... e ver que não precisamos de um "terceiro" para sermos salvos. Jesus JÁ nos salvou!!!

 

 

SEGUNDA-FEIRA, 03 de abril                                             Ano Bíblico: II Sam 8-10

Água

"No último dia, o grande dia da festa, levantou-Se Jesus e exclamou: se alguém tem sede, venha a Mim e beba. Quem crer em Mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva. Isto Ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que nEle cressem; pois o Espírito até aquele momento não fora dado, porque Jesus não havia sido ainda glorificado" (João 7:37-39).

NOTA Escola Sabatina: ...Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. Atos 2:38 - Condição essencial para receber Jesus, em espírito é aceitá-LO publicamente através do batismo que TEM que SER feito em SEU nome!!!

Aqui, Jesus compara o Espírito à água. A água é essencial à vida. Não pode haver vida sem água. Então, não pode haver vida espiritual sem a presença do Espírito. Da mesma forma, a água não é algo que podemos fazer por nós mesmos. Para isso, somos totalmente dependentes de Deus. O mesmo se dá com o Espírito.

NOTA Escola Sabatina: Onde está a comparação? Novamente estão inferindo algo que o texto não diz... Estaria Jesus mentindo quando falou à samaritana? 10 Respondeu-lhe Jesus: Se tivesses conhecido o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe terias pedido e Ele te haveria dado água viva.João 4:10. PORTANTO somos dependentes de Jesus!!!

Note, também, a idéia da água que flui do coração daqueles que crêem em Jesus. Aqui o Senhor revela uma verdade fundamental sobre os que nEle crêem: aquilo que eles receberam pela vontade do Espírito, por sua vez, flui deles para os outros.

NOTA Escola Sabatina: Somos propriedade de Jesus e não de uma terceira entidade! Portanto, se somos dependentes da vontade de Alguém, este Alguém é Jesus pois Ele mesmo declara sob o Pai: 39 E a vontade do que Me enviou é esta: Que Eu não perca nenhum de todos aqueles que Me deu, mas que Eu o ressuscite no último dia.

3. Que figuras Isaías usou para descrever a ação do Espírito? Isa. 44:3 e 4

A segunda parte do verso 3 explica o que a primeira parte realmente significa. O verso 4 indica que, assim como existe crescimento em resultado do derramamento da água sobre o solo seco, também haverá crescimento espiritual como resultado do derramamento do Espírito de Deus. E só o crescimento dá evidência positiva de vida. Como o solo ressequido é revestido de verde por causa da água, assim o Espírito pode transformar um coração estéril em uma pessoa de beleza cristã. "O Espírito de Deus, mediante a fé, produz uma nova vida no crente." - Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, pág. 176.

NOTA Escola Sabatina: Continuando a leitura de Isa 44 temos: 5 Este dirá: Eu sou do Senhor; e aquele se chamará do nome de Jacó; e aquele outro escreverá na própria mão: Eu sou do Senhor; e por sobrenome tomará o nome de Israel. 6 Assim diz o Senhor, Rei de Israel, seu Redentor, o Senhor dos exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de Mim não há Deus.

Portanto, perguntamos: Quem é este Espírito ao qual se refere Isaías? Veja João 4:24.

4. Que princípio a parábola do servo inclemente ilustra sobre a ação do Espírito Santo? Mat. 18:21-35.

NOTA Escola Sabatina: Interessante esta parábola! Até prova a existência do PURGATÓRIO (vs 34)... Usar uma parábola tida fora do seu contexto é demais! O que Jesus estava ensinando era sobre o amor do Seu Pai (vs 35) que não só havia dado sete oportunidades ao povo para que se arrependessem de seus pecados (Dan 9:24) mas sim SETENTA semanas (490 anos). E, na plenitude dos tempos desta profecia, na última semana vem o próprio Filho do Rei para recuperar Seu povo! E, foi nesta última semana, no ministério de Jesus na terra que se cumprem as 2.300 tardes e manhãs...

Clic Aqui para entender melhor como se cumprem as 2.300 tardes no ministério terrestre de Jesus!

 

Quais são algumas das coisas que o Espírito Santo fez por você para que você, por sua vez, faça aos outros?

NOTA Escola Sabatina: Morreu por mim e por você na CRUZ! Será que faríamos o mesmo por algum inimigo?

 

 

TERÇA-FEIRA, 04 de abril                                                     Ano Bíblico: II Sam 11-12

Óleo

"Então, o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o noivo. Cinco dentre elas eram néscias, e cinco, prudentes. As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo; no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite nas vasilhas" (Mat. 25:1-4).

NOTA Escola Sabatina: Este texto foi usado por LeRoy Froon (buscando em literatura católica) para provar as suas idéias sobre a trindade dentro da IASD em seu livro "A Vinda do Consolador"... Observe o vs 9 ...Mas as prudentes responderam: não; pois de certo não chegaria para nós e para vós; ide antes aos que o vendem, e comprai-o para vós.

Que "espírito" pequeno é este que não se pode dividir!!! E o tal de Rios de Água Viva que Jorrariam para outros  (lição de segunda -feira)?

O óleo é símbolo do Espírito Santo. Assim como as lâmpadas do tempo de Cristo não davam luz sem conterem óleo, sem o Espírito em sua vida o cristão não pode iluminar o mundo, como deve fazer (Mat. 5:14-16). As virgens sábias da parábola "tinha[m] recebido a graça de Deus, e o poder do Espírito Santo, que regenera e alumia, tornando a Palavra divina uma lâmpada para os pés e luz para o caminho. No temor de Deus estudaram as Escrituras, para aprenderem a verdade, e fervorosamente buscaram a pureza de coração e de vida". ­ Ellen G. White, O Grande Conflito, pág. 394.

NOTA Escola Sabatina: O que tem o trecho de Mateus 5 (citado por EGW) com o espírito Santo? Assim como o ensino da parábola nada tem haver também... Como citamos acima, se levarmos ao pé da letra tal ensino temos que os possuidores do espírito (de Cristo) devem ser egoístas pois não temo suficiente para dividirem com ninguém...

5. Em que termos o poder iluminador do Espírito Santo é descrito em Zacarias? Zac 4:1-6. Em particular, o que o anjo quis dizer no verso 6?

NOTA Escola Sabatina: O anjo que fala à Zacarias é o anjo do Senhor e a lição mesmo responde ao citar o verso 6 que diz que tais castiçais são a PALAVRA ou seja, as Escrituras do Velho Testamento, hoje acrescida do Novo Testamento! II Tim 3:16 diz que o próprio DEUS, em espírito é que a deu aos profetas...

As luzes ali os castiçais representam a igreja, ou os seguidores de Cristo (veja Apoc. 1:20). Dos seres santos que se encontram na presença de Deus, Seu Espírito é concedido às instrumentalidades humanas que são consagradas ao Seu serviço. É unicamente pela unção e pelo poder renovador do Espírito Santo no coração que podemos desenvolver a atitude correta para com a divina luz e a verdade. É unicamente pelo Espírito, e não pelo poder humano, que podemos ser canais de misericórdia e graça a um mundo pecaminoso e moribundo.

NOTA Escola Sabatina: Ir alem da letra é passível de punição (Prov 30:6) e todo aquele que fazer um pequenino se perder também (Mat 25:45)... Cremos na ação de Jesus em onipresença espiritual e não na ação de "outro"!!!

Na visão de Zacarias, as duas oliveiras que estão na presença de Deus são descritas como estando vertendo de si mesmas o óleo dourado através de tubos de ouro sobre o vaso do santuário. A partir desse vaso os castiçais do santuário são alimentados, para que dêem sua luz brilhante. Então, dos ungidos que permanecem na presença de Deus, a abundância da divina luz e do amor e poder é dada ao Seu povo, para que este dê aos outros luz, alegria e refrigério. Os crentes devem se tornar canais pelos quais a instrumentalidade divina comunica ao mundo a torrente do amor de Deus.

NOTA Escola Sabatina: Uma interpretação para a vida do cristão, porém o tema de Zacarias é o governo messiânico, ou seja, o milênio terreal que antecede ao julgamento dos ímpios! Zac 14:16; 2:10-13; 8:32; 12:8-10; 14:9. Vide Dan 2:44; 35.

 

 

QUARTA-FEIRA, 05 de abril                                                Ano Bíblico:  II Sam 13-14

O Selo e o Penhor

"[Ele] também nos selou e nos deu o penhor do Espírito em nosso coração" (II Cor. 1:22).

6. Que certeza podemos ter em Deus mediante a unção do Espírito? II Cor. 1:20-22

NOTA Escola Sabatina: Será assim na lição toda? Lê (indica) apenas o verso que interessa (à IASD)! Vamos ler um pouquinho ante para compreender quem é este espírito (que morreu por nós):

18 Antes, como Deus é fiel, a nossa palavra a vós não é sim e não,
19 porque o Filho de Deus, Cristo Jesus, que entre vós foi pregado por nós, isto é, por mim, Silvano e Timóteo, não foi sim e não; mas nele houve sim.

20 Pois, tantas quantas forem as promessas de Deus, nele*1  está o sim; portanto é por ele o amém, para glória de Deus por nosso intermédio.
21 Mas aquele que nos confirma convosco em Cristo, e nos ungiu, é Deus,
22 o qual também nos selou e nos deu como penhor o Espírito*2 em nossos corações.

*1 nele quem?

*2 Apoc 3:20 - Quem habita em nós?

Paulo aqui usa a figura ou símbolo do dinheiro, como sinal de negócio, ou entrada, para ilustrar o dom do Espírito Santo aos crentes. Esta é uma primeira parcela, garantia de sua plena herança quando Cristo voltar.

NOTA Escola Sabatina: Penhor ou resgate é somente através de dinheiro (como os da IASD amam o dinheiro; a ADRA que o diga!)? Que eu saiba Jesus nos resgatou com a sua própria VIDA! Sem falar que o resgate foi TOTALMENTE pago na cruz pois o Filho de DEUS não simulou a Sua morte e nem deixou para iniciar o Seu sacerdócio celestial para 1844 (tema do próximo trimestre; lá estaremos também!) como querem...

7. Nos textos acima, onde você vê a obra do Deus triuno? Por que eles também nos devem dar certeza quanto à salvação?

NOTA Escola Sabatina: Cadê o triuno??? Será que passou tão rápido que eu não o vi? Alguém viu? Votamos à seriedade que o tema exige pois a nossa salvação (e a de muitos irmãos sinceros - não os que se recusam a estudar o tema) realmente passa pela compreensão deste tema sob risco de perdermos a nossa salvação (Mat 12:31). Segundo a IASD sem a atuação do "terceiro" não existe "resistência" à satanás e portanto a SALVAÇÃO seria impossível mas nós que cremos nas Escrituras sabemos que o sacrifício de Jesus foi amplo e irrestrito e para que possamos ser salvo. apenas devemos aceitá-Lo. Isto é a graça!

Note também, nos textos acima, em quem temos todas essas promessas. Evidentemente, é em Jesus, pois "pois quantas forem as promessas feitas por Deus, tantas têm em Cristo o 'sim'." (v. 20 NVI). A certeza de que Paulo fala aqui, selada pelo Espírito Santo, vem-nos por causa do que Jesus fez por nós na cruz. É unicamente por causa da cruz que nos foi dado o Espírito Santo, o selo da nossa redenção.

NOTA Escola Sabatina: Começam bem e acabam mal... O "outro" (seria satanás?) esperou Jesus Se sacrificar para ele (it) ficar com os louros da vitória?

O dom do Espírito, concedido ao crente, é a garantia por parte de Deus de que Ele finalmente trará o pleno dom da salvação, tirando o crente deste mundo de pecado e dando-lhe herança em Seu reino eterno. Mesmo nos negócios humanos, a entrada, ou sinal, é a certeza do comprador de que determinada transação se cumprirá. O Espírito é o sinal de Deus a respeito da salvação prometida, que foi completamente paga na cruz.

NOTA Escola Sabatina: Se foi paga na cruz (e foi) porque ainda dependemos desta entrada ou parcela do pagamento? Incoerência como é toda explicação da trindade!

Mas estes textos não ensinam "uma vez salvo, salvo para sempre". Podemos resistir ao Espírito (Atos 7:51); podemos cair da graça. A soberania de Deus não interfere no livre-arbítrio humano. Quando decidimos seguí­Lo, vivendo pela fé - reivindicando Seu poder para vencer quando tentados, reivindicando Seu perdão quando caímos - podemos estar certos de que Ele fará tudo o que nos prometeu. Que garantia maior precisamos?

NOTA Escola Sabatina: Eis aí o tal de "pecado contra o espírito santo" que a IASD ensina!!! Mas lendo Mateus 12 (que é onde JESUS introduziu o tema do pecar contra o Pai) temos que se atribuirmos SUAS obras - como a IASD ensina e faz - a outrem que não o Pai (João 4:24), aí sim estaremos perdidos. Esta é a obra de satanás, personificada em mais este anti-cristo chamado de terceiro deus... Êxo 20:3; Deut 6:4; I Cor 8:6; etc.

COLABORADOR: ...E agora José?

 

QUINTA-FEIRA, 06 de abril                                                 Ano Bíblico:  II Sam 15-17

Luz e Fogo

"A verdadeira luz, que, vinda ao mundo, ilumina a todo homem" (João 1:9).

NOTA Escola Sabatina: João está a falar do advento de JESUS (o 1º advento) e não do espírito santo (3º deus) que é o tema desta lição...

"Onde quer que haja um impulso de amor e simpatia, onde quer que o coração se comova para abençoar e amparar os outros, é revelada a operação do Santo Espírito de Deus. Nas profundezas do paganismo, homens que não tiveram conhecimento da lei escrita de Deus, que nunca ouviram o nome de Cristo, têm sido bondosos com Seus servos, protegendo-os com o risco da própria vida. Seus atos mostram a operação de um poder divino. O Espírito Santo implantou a graça de Cristo no coração do selvagem, despertando nele a simpatia contrária à sua natureza e à sua educação. A 'luz verdadeira, que alumia a todo homem que vem ao mundo' (João 1:9), está brilhando em sua vida; e esta luz, se atendida, guiará os seus pés para o reino de Deus." ­ Ellen G. White, Parábolas de Jesus, pág. 385.

NOTA Escola Sabatina: Ficamos com JESUS ou com a interpretação da IASD através de EGW?

OBS: Como sabemos que 27% do Conflito, EGW COPIOU de outros livros, como saber se esta citação foi inspirada ou provém de fontes escusas? Nem mesmo podemos aplicar aqui o modelo lucano de inspiração pois ela sempre foi reticente em afirmar: Disse-me o Senhor...

8. Com que João Batista disse que Jesus batizaria Seus seguidores? O que ele queria dizer com isso? Mat. 3:11.

NOTA Escola Sabatina: João 4:2 (ainda que Jesus mesmo não batizava, mas os seus discípulos). Atos 2 responde:

38 Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.
39 Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar.

No pentecostes Cristo, em espírito desceu sobre todos, capacitando-os para o Evangelho e cerca de três mil foram então batizados em SEU nome (e não segundo o texto apócrifo de Mateus 28:19). E, cada um deles foram agraciados com os dons do espírito, Jesus!

O fogo era muito importante para as tradições e culturas*1 do Antigo Testamento, pois simbolizava a presença de Deus (veja Êxo. 3:2). Também representava Sua proteção e providência (veja Êxo. 13:21), aprovação (veja Lev. 9:24) e Seu poder purificador e santificador (veja Isa. 6:6 e 7).

NOTA Escola Sabatina*1: pagãs? Não traga fogo estranho para o altar de DEUS! Lev 10:1. Todas as passagens (do Velho e Novo Testamento) em que encontramos a palavra FOGO atribuída à Divindade, esta foi atribuída ao Pai (Heb 12:29) ou ao Filho (Êxo 24:17) e jamais à um terceiro deus (espírito santo)!

 

 

SEXTA-FEIRA, 07 de abril                                                Ano Bíblico: II Sam 18-19

Estudo Adicional

Leia, de Ellen G. White, Parábolas de Jesus, págs. 158 e 159 e "A Recompensa Merecida", págs. 405-408; O Desejado de Todas as Nações, págs. 190,453 e 454; A Ciência do Bom Viver, págs. 36 e 37; O Grande Conflito, págs. 425 e 426; Caminho a Cristo, "A Obediência é um Privilégio", págs. 57 e 58.

NOTA Escola Sabatina: Troque estas leituras por Patriarcas e Profetas, 1º capítulo e veja se encontra a trindade, na pessoa de uma terceira divindade? A única terceira pessoa (ex terceira pessoa), é a que está condenada ao fogo eterno depois de uma prisão LITERAL (não circunstancial, como querem os da IASD) durante o milênio...

Outro exemplo usado para descrever a obra do Espírito Santo foi apresentado pelo próprio Jesus, quando comparou com o vento a obra do Espírito (João 3:8). O vento não é visível; não sabemos de onde vem nem para onde vai. Mas, mesmo sendo invisível, seus efeitos são claramente vistos. Jesus comparou o Espírito ao vento. Ele não pode ser visto, mas os Seus efeitos nas vidas humanas transformadas são claramente evidentes. Mas o próprio Espírito é um mistério. Das três pessoas da Divindade, Ele é menos conhecido da humanidade. Jesus veio revelar o Pai, ou torná-Lo conhecido (veja João 1:18), e a humanidade viu Jesus em forma humana. Mas ninguém viu o Espírito, e ninguém O revelou a nós.

NOTA Escola Sabatina: Uma referencia ao batismo (espiritual) tornou-se descrição do espírito santo? Por falta de base bíblica, tem-se que apelar? E... nem sabemos o seu nome!!!

"Cristo Se serve do vento como de um símbolo do Espírito de Deus.

Como o vento assopra onde quer, e não podemos dizer de onde ele vem ou para onde vai, assim é com o Espírito de Deus. Não sabemos por meio de quem Se manifestará." - Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, vaI. 2, pág. 15.

NOTA Escola Sabatina: Estamos chegando ao fim da Lavagem cerebral através destas repetições... Como temos dito: Querem vencer pelo cansaço!!! Uma lição da Escola Sabatina sempre foi possível responder em duas a três horas mas esta está levando cerca de 6 horas.

OBS: Não continuas...

 

PERGUNTAS PARA CONSIDERAÇÃO

1. Compare com a classe as respostas da pergunta final do estudo de quarta-feira. Que promessas foram repetidas?

2. O estudo desta semana enfatizou as mudanças que o Espírito Santo provoca em nossa vida individual e como essas mudanças devem se manifestar. No entanto, como a igreja, como um todo, deve ser afetada pelo Espírito Santo? Que mudanças Ele poderia trazer para toda a igreja? Como essas mudanças se manifestariam, por exemplo, na maneira de a igreja se relacionar com a comunidade local?

NOTA Escola Sabatina: Voltar para a VERDADE: Cristo, Jesus!

3. O que vocês podem fazer como classe para ajudar toda a sua igreja a ser mais receptiva à obra e ao poder do Espírito Santo?

NOTA Escola Sabatina: Nos consagrarmos à Jesus, o autor de nossa fé e consumação. Heb 12:2.  Amém!

 

 

CLIC AQUI para uma versão de impressão!

Clic Para Ver em Word a lição By David Lima

OBS: Esta versão é a original e não estará com as possíveis COLABORAÇÕES futuras...

CURSO DE PROFECIAS BÍBLICAS - CLIC!!!

AUXILIAR E COMENTÁRIOS ADICIONAIS

(Comentado)

Objetivos

1.           Mostrar que toda bondade e justiça vêm do Espírito Santo.

     Não Vem de JESUS?

2.           Examinar as várias evidências da presença do Espírito Santo em nossa vida.

     Não é Jesus que está presente em nossas vidas (Apoc 3:20).

Esboço

I. Luz contra as trevas

A.          Biblicamente, a bondade é representada pela luz (II Cor. 6:14; Efe 5:9).

B.          Biblicamente, o mal é representado pelas trevas (João 3:19).

C.          Todos os sinais de bondade são evidências do Espírito Santo (Zac 4:1­6; Parábolas de Jesus, pág. 385).

    As duas Oliveira, como disse Zacarias, é a Palavra de JESUS (o Senhor, segundo Paulo) e o apóstolo deixa-nos muito claro que estas (as Escrituras ) fora revelada por DEUS (o Pai) aos profetas - II Tim 3:16. Fiquemos com a Bíblia!!!

1II. O propósito do Espírito Santo revelado por símbolos

A. Água (João 7:37-39). vs 39... Porque Ele ainda não havia sido Glorificado! JESUS é este espírito!

1.     1. A água é essencial a toda forma de vida

   2. A água corrente é saudável.

B. Óleo (Mat. 25:1-4).

   1. O óleo provê energia.

2.     2. O óleo, quando aceso, afasta a escuridão. Quem é a Luz do mundo? João 8:12.

C. Selo/Garantia (II Cor 1:22). O Sábado não é mais o selo? Na realidade em Cristo, o Espírito, é que somos selados! João 6:27.

1.     1. Deus investiu em nós.

2.     2. Esse investimento garante que Ele (JESUS) terminará o que começou, se Lhe permitirmos. Apoc 3:20.

     III. Natureza do Espírito Santo

     A. Pomba (Mat. 3:16) Leia Deut 4:15-19; Rom 1:23.

         1. Pureza

     B.  Luz e fogo (Êxo. 13:21; Isa. 6:6 e 7). João 8:12; Atos 2:3 (II Tes 1:7).

           1. Presença de Deus.

     2. Poder purificador de Deus.

C. Vento (João 3:8). Atos 2:2.

1.       1. Invisível.

2.       2. Onipresente.

 

RESUMO

Todos estes símbolos procuram revelar diferentes aspectos da essência do Espírito Santo. As palavras sozinhas são incapazes de expressar os significados mais profundos do caráter e propósito do Espírito Santo. A vastidão de Deus em qualquer forma é muito grande para ser expressa só em palavras; pelo uso de símbolos, Ele tenta nos ajudar a entender... o it!

 

INTRODUÇÃO

O Espírito Santo, eterno, onisciente, onipotente e onipresente, é membro co­igual da Divindade Triúna. Ele possui personalidade, tem capacidade infinita para Se comunicar e opera em total cooperação com o Pai e o Filho.

NOTA Escola Sabatina: Isto está na Bíblia?

 

INTRODUÇÃO

Tão rica e variada é Sua obra que o Espírito Santo é simbolizado nas Escrituras de várias maneiras, algumas das quais serão estudadas na lição desta semana. Nenhum símbolo ou grande variedade de símbolos pode retratar completamente a natureza e a obra do Espírito Santo. Cada símbolo destaca algum aspecto de Seu caráter infinitamente glorioso e Sua obra.

NOTA Escola Sabatina: De quem estamos falando? As Escrituras falam de Jesus (o espírito de DEUS)...

I.  Pomba

A maioria das referências bíblicas à pomba estão perfumadas com associações positivas e pacíficas (veja, por exemplo, Gên 8:8-12; Sal 55:6; 68:13; Cant. 2:14; 5:2; 6:9). A unção de Cristo pelo Espírito Santo, que desceu sobre Ele no batismo como uma pomba (Mat. 3:16), indica habilmente a beleza da obra de Jesus como Príncipe da Paz (Isa 9:6 e 7). O Espírito Santo capacitou Cristo a enfrentar cada situação com calmo domínio próprio, acurada percepção e eficiência para o serviço.

Assim como, no vôo, a pomba sobe em direção ao céu, o Espírito Santo ergue os corações receptivos ao reino dos pensamentos e sensibilidade celestiais para enxergar a vida pelos olhos de Deus. O Espírito deseja ungir-nos para o serviço, assim como fez a Jesus (veja I João 2:27; compare com João 14:26). "A comunicação do Espírito é a transmissão da vida de Cristo. Reveste o que O recebe com os atributos de Cristo." - Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, pág. 805.

NOTA Escola Sabatina: O que faz a luz de uma vela (a luz menor) dentro de uma sala iluminada por um holofote (a luz maior)? Nada!!! Quer ler ficção bíblica? Leia DEIXADOS PARA TRÁS! Quer a VERDADE? Leia as Escrituras Sagradas - João 8:32

II. Água

A água transforma desertos ressequidos em campos férteis. De certa forma, quando o Espírito irriga nossos corações áridos, produzimos generosamente o fruto do Espírito em todas as estações da vida. A água beneficia cada ser vivente pelo qual ela flui, seja um leito fluvial, seja um coração humano. "Quem dá a beber será dessedentado" (Prov 11:25; compare com João 7:37-39).

"Como a palmeira no deserto é guia e consolação ao viajante desfalecido, assim deve ser o cristão para o mundo. Deve ele guiar às águas vivas os cansados, tomados de inquietação e quase a perecer no deserto do pecado. Deve indicar aos semelhantes Aquele que faz a todos o convite: 'Se alguém tem sede, que venha a Mim e beba.' João 7:37.

"Pode o céu ser de bronze, a areia ardente castigar as raízes das palmeiras, amontoando-se-lhe em volta do tronco. Entretanto, a palmeira continua viva, luxuriante e vigorosa. Remova a areia, e descobrirá o segredo de sua vitalidade; as raízes aprofundam-se até os ocultos veios de água no interior da terra.

"Assim é que se dá com o cristão. Sua vida está escondida com Cristo em Deus. Jesus é para ele uma fonte de água, que salta para a vida eterna. Sua fé, como as pequenas raízes da palmeira, penetra até além das coisas visíveis, tirando vida da Fonte da vida. E em meio a toda a corrupção do mundo é ele verdadeiro e leal a Deus. Circunda-o a doce influência da justiça de Cristo. Sua influência enobrece e abençoa." - Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais [Meditações Matinais, 1968], pág. 240.

NOTA Escola Sabatina: Os livros de Chico Xavier também são bonitos e falam de Jesus e da Bíblia e nem por isto são inspirados por Ele...

...Acaso não tivestes visão de vaidade, e não falastes adivinhação mentirosa, quando dissestes: O Senhor diz; sendo que Eu tal não falei? Eze 13:7

A Profecia da Porta Fechada que o diga, não é?

III. Óleo

O óleo é apresentado como símbolo do Espírito, não tanto por suas propriedades como alimento ou lubrificante, mas como combustível para as lâmpadas, que simbolizam a igreja (Apoc. 1:20), o crente (João 5:35), e a Escritura (Sal. 119:105). O óleo (símbolo do Espírito Santo, que torna eficaz a Palavra de Deus) deve entrar em nosso coração e circular livremente em nós, para que recebamos seu benefício (veja Zac. 4:12-14). "Todo o tesouro celestial aguarda nosso pedido e recepção; e, ao receber a bênção, devemos transmiti-Ia a outros. É assim que as lâmpadas sagradas são abastecidas, e a igreja se torna portadora de luz no mundo." - Ellen G. White, E Recebereis Poder [Meditações Matinais, 1999], pág. 17.

NOTA Escola Sabatina: Gostas de citações de EGW? Que tal esta:

As verdades mais claramente reveladas na Escritura Sagrada têm sido envoltas em dúvida e trevas pelos homens doutos que, com pretensão de grande sabedoria, ensinam que as Escrituras têm um sentido místico, secreto, espiritual, que não transparece na linguagem empregada. Estes homens são falsos ensinadores. Foi a essa classe que Jesus declarou: "Errais   vós em razão de não saberdes as Escrituras nem o poder de Deus." Mar. 12:24. A linguagem da Bíblia deve ser explicada de acordo com o seu óbvio sentido, a menos que seja empregado um símbolo ou figura. Cristo fez a promessa: "Se alguém quiser fazer a vontade dEle, pela mesma doutrina conhecerá se ela é de Deus." João 7:17. Se os homens tão-somente tomassem a Bíblia como é, e não houvesse falsos ensinadores para transviar e confundir-lhes o espírito, realizar-se-ia uma obra que alegraria os anjos, e que traria para o redil de Cristo milhares de milhares que ora se acham a vaguear no erro. “ O Grande Conflito, pág. 598, 599

IV. Selo e penhor

Com toda a autoridade do Céu por trás deles, o selo e o penhor são forças poderosas. Então, a promessa do Espírito (veja II Cor. 1:22; 5:5) não é oferecida leviana ou casualmente. Precisamos atender às condições da promessa. Efésios 1:13 ela declara a condição básica para sermos "selados com o Santo Espírito da promessa". Qual é essa condição? Efésios 4:30-32 dá três condições positivas (todas inter-relacionadas) para recebermos o selo de Deus, e seis maneiras pelas quais o Espírito é ofendido e retira Sua presença*. Que atitude está na raiz destes empecilhos?

NOTA Escola Sabatina *: Eta deusinho difícil, qualquer coisa e ele se afasta!!! Ainda bem que não é assim com Jesus, que mesmo eu sendo um pecador, morreu por mim também... Efésios 4:25-32 diz do caminhar cristão e não de uma pretensa obra de um terceiro deus. Não entristeçais o Pai que nos deu o Seu Filho para morrer por nós!

V.  luz e fogo

Sem desculpar-se, a Bíblia declara: "Nosso Deus é fogo consumidor" (Heb. 12:29; compare com Deut. 4:24). Embora o fogo consuma o metal inferior, também purifica e enrijece os metais de valor durável. João Batista tinha esse processo em mente quando disse que Cristo batizaria Seu povo com o Espírito Santo e com fogo. O próprio João era uma luz em chamas e brilhando para o Senhor (João 5:35). Representando seu Salvador com pura integridade, ele não almejava honra se não a de exaltar seu Redentor, e indicar aos outros a salvação.

O fogo também é fonte de luz. Deus quer que nossas lâmpadas estejam sempre acesas, para que sejamos guias incandescentes aos que andam na escuridão. Embora Cristo seja a luz suprema do mundo (João 8:12; I João 1 :5), Ele também capacita Seu povo a ser luz ao mundo mediante conexão com Ele (Mat. 5:14-16). a Espírito Santo ilumina nossa mente pela Palavra de Deus, e é o meio pelo qual essa conexão é estabelecida e preservada.

NOTA Escola Sabatina: Começam bem e acabam atribuído a obra do Senhor à um terceiro (MAT 12:32, 36-37).

ESTUDO INDUTIVO DA BíBLIA

Textos: João 3:6-8; 7:38; Efésios 4:30; I Coríntios 12:4-7

1. A Bíblia freqüentemente usa símbolos familiares à vida diária. Quais são alguns desses símbolos? Você acha que eles esclarecem ou provocam mais perguntas?

NOTA Escola Sabatina: Símbolos que apontam para obra que Jesus efetua em Seus irmãos (nós).

2. Por que a Bíblia usa tantos símbolos para nos ajudar a entender o Espírito Santo? Por que alguns símbolos são insuficientes para revelar tudo o que precisamos conhecer sobre esse integrante da Divindade?

NOTA Escola Sabatina: Usa símbolos para Jesus e ainda continuas cego? Mateus 15:14.

3. Sendo o Espírito Santo um ser pessoal, por que tantos símbolos do Espírito nos fazem lembrar fenômenos ou substâncias naturais (por exemplo: vento, água e óleo)? O que a Bíblia está tentando* nos ensinar por meio desses símbolos?

NOTA Escola Sabatina: A Bíblia tenta ensinar??? Que eu saiba, a Bíblia ensina a Verdade e não a confusão!!!

4. Qual é o pensamento comum em todos esses símbolos? Será que a abundância de símbolos sugere que o Espírito Santo é o aspecto da Divindade mais difícil de ser entendido em termos humanos ou naturais? Explique sua resposta.

NOTA Escola Sabatina: Talvez pelo cansaço (e preguiça de muitos) a IASD vença!!! Porém Pedro disse: Importa antes obedecer a Deus que aos homens (Atos 5:29). Fiquemos com a Palavra e não com a LIDERANÇA!

5. As imagens* usadas para o Espírito Santo freqüentemente sugerem poder e, ocasionalmente, força. Apesar disso, podemos resistir ao Espírito Santo - e às vezes fazemos isso. Como é possível resistir a uma presença tão irresistível?

NOTA Escola Sabatina: Estas imagens podem? Jesus é irresistível!!!

 

TESTEMUNHANDO

Quando realmente aceitamos o Espírito Santo em nosso coração, Ele nos enche tão completamente do amor de Deus que não temos alternativa se não a de compartilhar a abundância transbordante com os que nos rodeiam. Não podemos reprimir Suas bênçãos mais que o vapor pode ser engarrafado - ele tem que escapar - porque não pode mais ser contido.

NOTA Escola Sabatina: Entenda I Cor 3:16 à luz de Apocalipse 3:20. Se não for assim, existe, contradições nas Escrituras...

Quando o Espírito Santo começa a residir permanentemente em nosso coração e em nossa mente, demonstramos diariamente aos outros Sua influência em nossa vida. Uma das maneiras de os outros verem Sua presença são nossos esforços para encontrar soluções pacíficas para os problemas. Seja um problema dentro da família da igreja, seja nas questões do bairro em que vivemos, ou talvez na escola que nossos filhos freqüentam, nossos esforços para encontrar soluções pacíficas enviam mensagens positivas para os que testemunham essas tentativas.

NOTA Escola Sabatina: Pobre Jesus, foi martirizado por nós agora não recebe as devidas glórias pelo Seu sacrifício (Mat 12:32)!

Talvez observemos alguém em nosso emprego que precisa desesperadamente de um amigo mas é muito reservado (ou de difícil trato) para permitir que alguém se aproxime dele. Podemos aliviar um pouco a dor de nosso colega de trabalho sendo por algum tempo um amigo invisível. Podemos deixar mensagens de encorajamento na mesa de trabalho dele para que a encontre depois do almoço. Podemos colocar uma plantinha na mesa dessa pessoa para melhorar seu dia. E, melhor de tudo, podemos orar continuamente pela presença confortadora do Santo Espírito para ajudar essa pessoa.

NOTA Escola Sabatina: Jesus não é mais o nosso intercessor? Tem mais um (além da "uma" dos católicos)? As Escrituras não tem nenhum versículo que autorize-nos a orar ao espírito santo, como tenho ouvido em nossos púlpitos, ultimamente!

O testemunho por meio de nossas relações pessoais também pode tocar positivamente a vida de pessoas ao nosso redor. Quando outros vêem que tratamos com respeito e interesse nosso cônjuge, filhos, pais, amigos, colegas de trabalho e outros, a toda hora, enviamos uma mensagem clara de que o Espírito Santo permanece em nossa vida.

Como o vapor que não pode ser contido, o Espírito Santo penetrará os corações e mentes de forma que as ações serão expansões visíveis da plenitude da graça e do amor de Deus.

NOTA Escola Sabatina: JESUS!!! Jesus, irmãos!

 

APLICAÇÕES À VIDA DIÁRIA

Ponto de Partida

Um dos sinais mais poderosos na linguagem de sinais expressa o sentimento "eu amo você". Que formas de comunicação não verbal você usa em sua família? Como transmitem poderosas mensagens positivas e negativas? Por que foi necessário que Deus usasse tantos símbolos para comunicar o ministério do Espírito Santo?

NOTA Escola Sabatina: Quem disse que é assim? O Pastor (ou os seus patrões)? Deus não é um DEUS de confusão!

Perguntas para consideração

1. Peça que vários membros da classe descrevam o fogo e o que ele faz. Então, leiam juntos Mateus 3:11. Por que precisamos ser batizados com o Espírito Santo e com fogo? Agora, leia Atos 2:1­39. Como a história do Pentecostes se relaciona com a predição de João? Como os discípulos foram transformados pela presença do Espírito Santo na vida deles? Como a obra do Espírito Santo em sua vida pode ser comparada ou contrastada com a experiência dos discípulos?

NOTA Escola Sabatina: Além do batismo trinitariano, daqui a pouco vão trazer velas para  os batismos (nos casamentos da IASD eu já ví)!

2. As pessoas que você conhece e segue fazem diferença sobre aonde você vai e qual será seu destino final. Leia João 1:9 e depois, Mateus 10:16. Como o conhecimento da "Verdadeira Luz" nos ajuda a ser tão "prudentes como as serpentes e tão símplices [sem malícia, NVI] como as pombas"? Conte de alguma ocasião em que sua ligação com Cristo e a presença do Espírito Santo em sua vida fizeram diferença em uma situação difícil. Como essa situação serviu de testemunho positivo a outras pessoas?

NOTA Escola Sabatina: Sem malícia como as pombas? Ninguém viu uma pomba no cio? Se isto é natural, então qualquer animal TAMBÉM não tem malícia...

Pergunta de aplicação

Paulo descreve uma transação profunda em II Coríntios 1:20-22. O que significa que as promessas de Deus são "Sim" em nossa vida? Faça duas colunas em uma folha de papel. Com base nesta passagem, escreva em uma coluna o que Deus fez por nós; por exemplo, Ele nos "selou e nos deu o penhor do Espírito em nosso coração" (vs. 21 e 22). Na outra coluna, escreva como essas mudanças são comprovadas em sua vida. Então, passe algum tempo orando, louvando a Deus por esses dons. Se você tiver dificuldades para preencher a segunda coluna, passe algum tempo em oração e com a Palavra de Deus, pedindo que Ele o guie em uma experiência que garanta "o que está para vir".

NOTA Escola Sabatina: Ele, quem?!?

 

 

Perguntas que  os Adventistas não sabem responder:

1. Se o Deus único apresentado na Bíblia é um grupo de três pessoas divinas (e não três deuses), como afirmam o Manual da Igreja, é correto chamar cada um deles, individualmente, de Deus? Por exemplo: Deus Pai, Deus Filho e Deus espírito Santo? Cada um deles é Deus ou Deus é apenas o conjunto dos três? Se chamamos cada um deles de Deus, como podemos sustentar que não são três deuses?

 

2. Se Deus é uma unidade de três pessoas co-eternas e no mesmo nível hierárquico, porque Ellen White afirmou que Deus é o Pai de Cristo e Cristo é o Filho de Deus?

Deus é o Pai de Cristo, Cristo é o filho de Deus. Para Cristo foi dada uma posição exaltada. Ele tinha sido feito igual com o Pai. Todos os conselhos de Deus são abertos para o Filho.” - Testimonies for the Church, volume 8, pág. 268.

 

3. Os trinitarianos afirmam que Cristo por ser Deus eterno, só tornou-se filho de Deus Pai após encarnar-se como ser humano. Teria então Ellen White mentido quando afirmou que Cristo era nascido de Deus mesmo antes da fundação do mundo?

Antes que a fundação do mundo fosse estabelecida, O único nascido de Deus ofereceu-se para tornar-se o redentor da raça humana, Adão iria pecar... na sua encarnação Ele ganhou de uma nova forma o título de filho de Deus. Respondeu-lhe o anjo: ‘Descerá sobre ti o espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo há de nascer será chamado Filho de Deus’.” (Lucas 1:35).

Enquanto filho de um ser humano, Ele tornou-se O filho de Deus em uma nova maneira. Assim Ele esteve em nosso mundo – O filho de Deus, ainda que ligado pelo nascimento à raça humana”. - Selected Messages Volume 1, Page 226 and 227.

 

4. Ellen White afirmou em várias ocasiões que Cristo é o Filho de Deus, e é reconhecida pela organização da IASD como sendo uma profetiza do Senhor. Diante deste fato, surge a seguinte pergunta: Porque nos dias atuais tem sido motivo de exclusão fazer a mesma afirmação?

 

      5. No Manual da Igreja, pág. 10, encontramos a seguinte afirmação: “Deus, o Filho Eterno, encarnou-se em Jesus Cristo.  Diante desta afirmativa, em quem devemos acreditar? Na Bíblia que afirma ter Jesus Cristo tornado-se carne (a mesma pessoa) e habitou entre nós, ou no Manual da Igreja onde afirma que Deus, o Filho Eterno encarnou em Jesus Cristo (uma segunda pessoa)?

“E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.” - João 1:14.

A esta altura o irmão pode estar a questionar: Mas isso é um absurdo, afirmar que existiam dois Jesus, ninguém seria capaz de afirmar tamanho absurdo.

Se o irmão pensa desta forma, então confira o que escreveu o Dr. Jerry Moon co-autor do livro “A trindade”, em seu artigo em defesa da Doutrina da trindade, publicado na Adventist Review - April 22, 1999:

O Jesus Deus eterno que ficou no céu, acompanhava com dor e pesar o sofrimento do Jesus aqui na terra.”

O Dr. Jerry Moon usa filosofia espírita para explicar a morte de Cristo, que sendo o Deus Eterno, jamais poderia morrer!

 

6. A Doutrina da trindade afirma que o espírito Santo é uma pessoa e é Deus, se isso é verdade, porque não encontramos na bíblia uma única vez as expressões: Deus espírito ou Deus espírito Santo?

 

7. A doutrina da trindade afirma que "Há um só Deus, que é uma unidade de três pessoas co-eternas”, se isto é verdade, porque Ellen White escreveu que Cristo é nascido do Pai? Como Cristo poderia ser nascido do Pai, sendo Ele o próprio Deus?

"A Ele Deus exaltou com a sua destra para ser Príncipe e Salvador, para dar arrependimento a Israel, e perdão para os pecados. Uma oferta completa tinha sido feita; porque" Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito... Não um Filho pela criação, como eram os anjos, nem um filho por adoção, como o pecador perdoado, mas um Filho nascido à imagem e expressão da pessoa do Pai, e em todo o brilho de sua majestade e glória, um igual a Deus em autoridade, dignidade, e divina perfeição. NEle habitava toda a completa Divindade fisicamente". - The Signs of the Times, 30 de maio de 1895.

 

CONTINUA...

Saiba mais em:

A Verdade Acima de Tudo!
 

ATENÇÃO!!! ATENÇÃO!!! ATENÇÃO!!! ATENÇÃO!!! ATENÇÃO!!!

CARO IRMÃO, COMO ESTAS LIÇÕES ESTÃO SENDO PUBLICADAS COM BASTANTE ANTECEDÊNCIA, VOCÊ PODERÁ ENVIAR COLABORAÇÕES QUE SERÃO INSERIDAS NO TEXTO. CASO NÃO DESEJE QUE A SUA COLABORAÇÃO SEJA IDENTIFICADA, NOS COMUNIQUE QUE A PUBLICAREMOS COMO "COLABORADOR ANÔNIMO". QUE DEUS NOS ABENÇOE EM NOSSA BUSCA PELA VERDADE. AMÉM!

OBS: USE O E-MAIL ABAIXO

Index